terça-feira, 4 de agosto de 2009

Só uma cervejinha 2

Já falei aqui neste post sobre Ronaldo ser garoto propaganda de cervejas. Já falei também que não sou muito fã das bebidas alcoólicas, mesmo já tomando porres homéricos por aí. Mas recebi uma notícia no mínimo interessante hoje.

Segundo o twitter do presidente Alexandre Kalil e o site Superesportes, o Galo fechou um patrocínio com a Brahma. Ainda não sabemos dos detalhes, se foi bom ou não, mas devemos lembrar que um patrocínio de uma empresa do tamanho da Brahma, com certeza é uma boa. O problema, na verdade, é exatamente minha posição agora.

Por que? Simples. Se eu fui contra o patrocínio da Brahma em cima de Ronaldo, tenho que ser contra o patrocínio em cima do Galo por uma questão de coerência. Lembram que eu falei que uma galera aí bebe e faz besteira? E eu não gostava da propaganda do Ronaldo por causa disso? E agora com o Galo? Serei a favor? Não, mesmo que meu lado passional diga o contrário. Ou então farei o que me sugeriram aqui no trabalho. Eu apoio esse patrocínio, desde que o dinheiro venha de refrigerantes e sucos, como o guaraná Brahma por exemplo. :)

Esse fato me mostrou, mais uma vez, que o mundo dá voltas que ninguém entende. Nunca imaginaria que o Galo pudesse ser patrocinado por uma empresa do tamanho da Brahma, estou feliz porque finalmente estão começando a valorizar o Galo como ele merece, mas tenho que ser coerente. Vou torcer que o "patrocínio master" que o Kalil ainda deseja seja de uma empresa de outro ramo e aí sim eu possa comemorar de verdade.

Atualização às 19:01

Acabo de ouvir na Itatiaia que a Brahma, na verdade, fez um acordo para utilizar os espaços do Clube Labareda e Vila Olímpica, onde fornecerá seus produtos, e terá uma placa na Cidade do Galo e no banner na hora das entrevistas coletivas. Menos mal...

2 comentários:

  1. Mas o guaraná Brahma era bom, eu gostava, principalmente qdo era de garrafa de vidro... :)

    ResponderExcluir

Diga pra mim...